Notifications
Clear all

Tenho Ceratocone e passei na PRF/PF e ai ?

Rios Excursões
(@helderrios)
Membro Admin

voce tambem ta nessa ?

Citar (Quote)
Topic starter Postado : 21/07/2021 9:03 am
pabloferreira321
(@pabloferreira321)
New Member

Mesma situação aqui. Ceratocone inferior no olho esquerdo, fora do campo visual, conforme laudo do oftalmologista. Visão 20/20 em ambos os olhos, nunca necessitei de óculos. O jeito é encarar o Cebraspe.

ResponderCitar (Quote)
Postado : 21/07/2021 12:48 pm
pabloferreira321
(@pabloferreira321)
New Member

Fala rapaziada concurseira.

Meu nome é Pablo Ferreira e sou um dos aprovados do concurso para o cargo de agente da Polícia Federal de 2021. Gostaria de contar um pouco da minha história para vocês, especialmente a vocês, na verdade, porque além de concurseiro também sou portador de ceratocone.

Descobri que tinha essa condição há pouquíssimos meses, justamente em razão da etapa de avaliação médica do concurso da Polícia Federal. À realização do exame de tomografia de córnea, exigência prevista no edital do certame, foi verificado que tenho ceratocone no olho esquerdo, descrito como "inicial, inferior e fora do eixo visual" conforme laudo oftalmológico (foto).

Fiquei surpreso e apreensivo. Surpreso porque tinha, à época, 27 anos de idade, todos eles vividos sem qualquer dificuldade relacionada a visão. Nunca nem mesmo cogitei usar óculos, lente de contato e menos ainda realizar qualquer tipo de cirurgia de vista. Só não posso dizer que tenho visão perfeita em razão da presença de astigmatismo em graus insignificantes em ambos os olhos. A oftalmologista responsável pelo meu laudo me informou que, por estar fora do eixo visual, o ceratocone não afetaria em nada minha visão. Apreensivo porque ceratocone constava no edital como doença incapacitante para a posse do cargo. Inclusive, alguns meses após a publicação do edital houve uma contenda envolvendo o Ministério Público Federal e a banca Cebraspe envolvendo justamente a presença de ceratocone no rol de doenças incapacitantes. O MPF solicitou a retirada desse item do edital, o Cebraspe argumentou e, por fim, ficou garantido que nenhum candidato portador de ceratocone seria eliminado automaticamente, mas que a análise durante

a etapa de avaliação médica seria feita de forma individualizada.

Ao enviar os resultados do exame de topografia de córnea e o laudo oftalmológico (fotos) eu já esperava a reprovação inicial na avaliação médica. A essa altura o resultado provisório da avaliação médica da PRF já havia sido divulgado e através dele fiquei sabendo que haviam solicitado exames complementares a alguns candidatos com ceratocone. Foi exatamente o que aconteceu: fui aprovado na Investigação Social e considerado inapto (temporariamente) na Avaliação Médica. No parecer médico divulgado em seguida solicitaram o exame de tomografia de córnea (exame mais minucioso que a topografia) e uma nova avaliação oftalmológica que deveria citar os resultados da tomografia, esclarecendo se o ceratocone, em meu caso específico, estava estabilizado ou em progressão. Mesmo morando em Florianópolis, capital de SC, tive um pouco de dificuldade em encontrar uma clínica capaz de realizar esse exame, mas no fim tudo deu certo.

Reuni o exame e o laudo, levei a oftalmologista para emitir um novo laudo que atendesse às exigências do parecer médico, elaborei um recurso administrativo bastante substancial, citando, inclusive, as declarações da própria banca no edital e, finalmente, enviei tudo dentro do prazo.

No dia 10 de setembro de 2021 foi divulgado o resultado final: lá estava meu nome entre os aprovados da avaliação de saúde e entre os convocados para o psicotécnico. Foi apenas um susto.

Atualmente encontro-me fora das vagas da ampla concorrência, mas tenho muita certeza de que em breve serei chamado junto a outros execedentes.

Dito tudo isto, gostaria de finalizar com algumas conclusões:

1 - Os exames relacionados ao ceratocone não são nada baratos se você não tem nenhum plano de saúde. Paguei R$ 400 no exame de topografia de córnea, mais R$ 110 na consulta com oftalmo, depois mais R$ 400 na tomografia de córnea e novamente R$ 110 em nova consulta. Total: R$ 1020.

2 - Quase todos os candidatos com ceratocone foram considerados inaptos no resultado provisório. Todos que que enviaram os exames solicitados em parecer médico foram readmitidos no resultado final. Portanto, não se desespere se você não vir seu nome no resultado provisório. Na verdade, recomendo que o candidato já se antecipe as possíveis exigências da junta médica (exames mais detalhados, laudo minucioso) e já espere pela reprovaçao inicial.

3 - O posicionamento do Cebraspe naquela questão envolvendo o pedido do MPF certamente servirá de diretriz para os próximos concursos da banca (especialmente da área de segurança pública).

4 - A preocupação em relação a admissão de portadores de ceratocone nas carreiras policiais parece estar muito mais voltada à questão da acuidade visual do que ao ceratocone em si. Se você enxerga bem tendo ou não realizado algum procedimento cirúrgico para corrigir o ceratocone, é certo que não sofrerá maiores contratempos além da solicitação de exames complementares.

Por ora, sigo no certame e acredito que em breve poderei dizer que sou um agente da Polícia Federal, cargo pelo me esforcei muito para alcançar. Que o ceratocone ou qualquer outro motivo não seja um impedimento para alguém assumir um cargo que ama e que tem plenas condições de fazer exercer. Fiquem com Deus.

ResponderCitar (Quote)
Postado : 16/09/2021 8:01 pm
Compartilhar: